27 de fev de 2019

Palavras alternativas - neolinguagem

Como já falei por aqui, nossa língua tem uma estrutura muito binária. Não temos apenas as linguagens padrão a/ela/a e o/ele/o, como também temos conjuntos de palavras bem específicas e únicas, como pai e mãe.

Criar alternativas para esses conjuntos é mais desafiador que os conjuntos de neolinguagens. A questão das flexões (linda, linde, lindo etc) é resolvida pelos conjuntos de neolinguagem. Agora, no caso de pessoas que não usam nenhum conjunto da língua padrão, existe ainda esse problema que falei.

Isso ainda está em desenvolvimento. Por isso as informações aqui podem se atualizar. Depois de pesquisar e pensar, consegui formar umas palavras alternativas. Explicarei também a lógica usada para isso.

Para o conjunto princesa/príncipe pensei tanto em alternativas que alterar as palavras existentes quanto alternativas que lembrem um pouco de ambas. Formulei as palavras: príncipa, princeso (sim, já foi inventada de zoeira), prince e princis.

Palavras terminadas em -dor e -triz vêm da raiz latina –tor e –trix, que são sufixos, respectivamente, masculino e feminino. Então pensei em algo que soasse neutro e parecesse um pouco com ambas terminações padrão. Formulei a terminação –ter.  Exemplos de palavras: embaixater, imperater.

Para os conjuntos boa/bom e má/mal, sugiro bone e male. Bone vem direto do latim bono. E male soa neutro.

Alternativas para o conjunto mãe/pai são um imenso desafio de tão complicado que é. No momento consegui apenas pensar em alternativas que apenas trocam as primeiras letras entre si, pãe e mai.

Outros adjetivos com as mesmas origens, no caso, madrinha/padrinho e matriarca/patriarca, foram mais fáceis. Todas partem das mesmas raízes latinas, mater e patre. E assim como existe materno e paterno, me inspirei na palavra fraterno e formulei fadrinhe e fatriarca. Interessante notar também que assim como M e P, sílabas com F também precisa juntar os lábios pra falar.

Outras possíveis soluções seriam mudar essas letras para outras mais parecidas, que são os casos de N e B. Então, nãe e bai seriam alternativas propostas. Mas acredito que o ideal seriam alternativas diferentes de -ãe e -ai.

Formular palavras alternativas requer estudar bem a origem e o processo de formação das palavras existentes. E talvez precise de um pouco de criatividade. Seria ótimo mais pessoas dispostas a isso.



Nenhum comentário:

Postar um comentário